Experiências de Circuitos

1. Medição de voltagens e correntes

O objetivo desta experiência é familiarizar-se com o equipamento usado para montar circuitos de corrente contínua e com a utilização de um multímetro para medir tensões e intensidades de corrente contínua.

Breadboard

Um breadboard, como o que se mostra na figura 1, é usado para montar circuitos elétricos e está formado por vários furos onde se podem inserir os extremos de uma resistência, fonte de tensão, multímetro e outros dispositivos. As duas grelhas principais no centro estão formadas por 63 linhas, cada uma com 5 furos identificados pelas letras A, B, C, D e E (ou F, G, H, I e J). Os cinco furos em cada linha estão interligados entre si mas isolados de todas as outras linhas.

Breadboard
Figura 1: Breadboad.

Nas duas secções laterais, há 50 furos (10 grupos de 5) próximos de uma barra vermelha, identificada com um sinal positivo, que estão interligados entre sim e outros 50 furos ligados mutuamente, identificados por uma barra azul e o sinal negativo. Normalmente liga-se o terminal positivo da fonte a um furo qualquer próximo da barra + e o terminal negativo a um furo próximo da barra − (seria possível ligar os terminais de outra fonte diferente nas outras duas barras + e −).

Medição de diferenças de potencial

Para medir a diferença de potencial entre dois pontos num circuito, basta tocar nesses dois pontos com os dois terminais do voltímetro. Para usar um multímetro como voltímetro, roda-se o botão para a posição de voltagem contínua e ligam-se os dois cabos de medição nas saídas idetinficadas por COM (comum) e V (volts).

Coloque uma resistência em dois furos independentes do breadboard e ligue os terminais à fonte de tensão contínua. Meça com o voltímetro a voltagem na resistência, quando cada uma das possíveis saídas da fonte: 3 V, 6 V, 9 V. 7.5 V e 12 V.

Medição de correntes

Para medir correntes pode usar-se o mesmo multímetro, na função de amperímetro. Há que ter atenção a ligar o amperímetro em série e nunca em paralelo. Rode o botão do multímetro para a posição de corrente contínua identificada por A (para medir correntes da ordem dos ampere) e ligue os cabos de medição nas saídas COM e A. Desligue um dos cabos que liga a fonte à resistência e ligue esse cabo a um dos terminais do amperímetro; o outro terminal do amperímetro deve ser logo ligado ao terminal da resistência que estava inicialmente ligado à fonte.

Se a corrente medida for menor que 1 ampere, pode rodar-se o botão do multímetro para a posição mA (mili ampere) e mude o cabo na saída A para a saída mA.

Meça a corrente em cada uma das possíveis saídas da fonte e em cada caso divida a voltagem pela corrente para determinar o valor da resistência. Compare com o valor dado pelo código de cores na resistência.